O que é a Síndrome de Burnout e como se apresenta?

Atualizado: Jul 6


Homem estressado com sintomas de Síndrome de Burnout

A Síndrome de Burnout é um distúrbio psíquico que eleva o esgotamento profissional, ou seja, é uma síndrome ocupacional provocada por meio das seguintes situações: exaustão emocional, despersonalização, redução na realização profissional e estresse provocado por condições de trabalho (questões físicas e/ou emocionais).

Os sintomas são lapso de memória, irritabilidade, pessimismo, isolamento, mudanças bruscas de humor, dificuldade de concentração, ausência no trabalho, ansiedade, baixa autoestima e depressão.


A Síndrome de Burnout é composta por três elementos centrais:

  • Exaustão emocional: todo o esgotamento emocional do profissional chega no limite total psíquico e ele se vê sem energia;

  • Despersonalização: alteração na personalidade;

  • Redução na realização profissional: insatisfeito com a atividade ocupacional e baixa eficiência no trabalho, não produz aquilo que costuma produzir.


Existem sintomas físicos?

Sim, dores musculares, distúrbio de sono, fadiga, disfunções sexuais e menstruais, problemas cardiológicos e respiratórios.


Quais são os sintomas psíquicos?

Agressividade, irritabilidade e pode levar ao suicídio.


É possível o profissional ser defensivo nesta situação?

Sim, ele pode ser onipotente, tornar-se cínico, irônico e com tendência ao isolamento.


A Síndrome de Burnout é proveniente do ambiente de trabalho, sendo assim, não se adapta a qualquer outro contexto. Pessoas que apresentarem características desta síndrome deverão procurar ajuda psicológica o mais breve possível. O tratamento poderá ser feito através da psicoterapia. Em alguns casos, o uso de antidepressivo poderá ser necessário.


por Fábio Guimarães

Psicólogo

0 comentário